A Voz do Maxilar

  Ela, uma conhecida, não era o tipo de pessoa que, quando era hostilizada, respondia na mesma hora. Ela prendia as palavras. Prendia o que sentia. O que pensava. Tinha aprendido a engolir dores. Na maioria das vezes, as palavras ficavam fortemente presas entre seus dentes e gerando tensão no seu maxilar. Na mordida que Read More

Share Button

A ponte entre a maternidade e o day trading

Volta e meia alguém me pergunta se sou day trader. É lógico que a pessoa está referindo-se ao mercado financeiro. Mas confesso que preciso lembrar disso antes de responder. Pois, apesar de fazer  operações como day trader no mercado financeiro, sinto-me tão ou mais day trader fora do mercado, como, por exemplo, na maternidade.   Este Read More

Share Button

Recomeços no mercado financeiro

O caminho do trader tem várias possibilidades: há quem comece a operar e não pare mais. Há quem comece, pare e nunca mais volte e há aqueles que começam e, por inúmeros motivos param e, depois de um tempo decidem voltar a operar o mercado. As palavras escritas aqui, neste texto, são um olhar um Read More

Share Button

Perdas no mercado financeiro e no coletivo

Quando operamos o mercado financeiro aprendemos que precisamos lidar bem com as perdas que, com toda a certeza ocorrerão. Aprendemos que perder bem é perder pouco, de preferência o mínimo possível. Sabemos que para recuperar uma perda significativa é bem difícil e nem sempre possível. Acredito que as nossas dificuldades no mercado são traduções das Read More

Share Button

Sobre o filme Truque de Mestre

Aparentemente o filme Truque de Mestre mostra o caminho que quatro ilusionistas estão percorrendo em busca do pote de ouro no fim do arco-íris, enquanto encantam o público com suas mágicas. Mas ao olharmos melhor, o filme nos convida à refletirmos como estamos percebendo as coisas, e à nós mesmos. Será que estamos enxergando direito Read More

Share Button

Operando rompimentos dentro e fora do gráfico – parte I

Operar rompimentos é uma arte. Há quem olhe apenas para os números e, talvez assim, fique difícil de entender minha opinião. Um mais um são dois e ponto final. Para mim, um mais um ás vezes são três.  Ou quatro. E assim nasce uma família. Mas como sempre falo, tudo depende de como olhamos para o Read More

Share Button

Bagunça útil

Durante muito tempo fiquei acotovelando minha bagunça com minhas coisas. Acotovelei, tentei controlar, empilhei, larguei de vez, desprezei… Como se fosse uma adolescente em fase de ataque. Claro, a adolescente estava em mim. Uma bonita queda de braço. Até que cansada, resolvi apenas olhá-la. Sem expectativa. O que falta que ainda não fiz? Olhei bem Read More

Share Button

O quebra-cabeças

Quando eu era criança, uma das brincadeiras que eu curtia era montar quebra cabeças. Porém sempre que eu espalhava as peças em cima da mesa, ou mesmo no chão para começar a montar eu achava que tinha peça faltando. Eu olhava para as peças e tinha a impressão que talvez nem todas as peças que Read More

Share Button

Você aceita trocar…

Na verdade eu não sei se o programa que vou fazer referência neste texto por acaso não está sendo reprisado por aí, pois não assisto mais tv aberta. Mas há muito tempo atrás Silvio Santos comandava, em um de seus programas, uma atividade em que uma pessoa entrava em uma cabine, colocava fones de ouvido Read More

Share Button

Sobre o filme O Expresso Polar e aquilo que precisamos ver para crer

Nesta época do ano o Natal toma conta dos nossos pensamentos ou boa parte deles. Pensamos na ceia, nos presentes, na reunião de muitos e na falta de outros. Ou em como fugir de tudo isso e deixar florescer o espírito natalino no mais profundo do nosso ser. Neste clima, alguns filmes também chamam nossa Read More

Share Button
1 2 3 4 5 14