Na maioria das vezes escolhemos nossa profissão muito jovens. Algumas pessoas seguem com sua escolha, porém com outras pessoas acontece algo no meio do caminho. Algo em sua alma se completa, é como se fechasse um ciclo e elas começassem a ter um grande desejo de mudar de profissão. Fazer algo novo, que faça o coração mais feliz. Então, neste momento, muitas vezes o ego entra em cena enumerando todas as boas razões para não arriscar tanto a esta altura do campeonato. Afinal, tanto investimento já foi feito. O que as pessoas vão pensar? Também, você não é mais uma criança. Porém, lá no fundo, o coração sinaliza que quer algo que convide a viver mais.

Acontece que encarar internamente que uma mudança profissional está a caminho é apenas um a parte dele. Ouvir a si mesmo, aquela verdade que revela o que te faz feliz, motivado ou energizado, ou tudo isso e muito mais também precisa de realidade. Separar se não é apenas cansaço, se você não está fugindo de obstáculos, se você tem o hábito de não ir até o fim com seus objetivos…enfim, encarar  de forma adulta a mudança.

Então, depois de certa lucidez, se o veredicto for favorável à mudança, não se boicote. Organize-se, prepare-se para que ela ocorra. Pense em um plano B. Adote um planejamento financeiro e de próximos passos a serem dados. Coragem. Claro, não esqueça de curtir muito o caminho , é tão importante e nutritivo quanto a chegada.

Algumas companhias aparecerão, por exemplo: medo de estar enganado, medo de não conseguir se manter financeiramente, medo de se arrepender, preocupação com o sustento da sua família, afinal eles estarão encarando a mudança com você. Preconceito com sua própria idade. Por isso o planejamento é tão importante. Até a mudança é construída passo a passo. Se precisar, peça ajuda no meio do caminho. Quando a gente está perdido, nada melhor do que pedir informações e seguir em frente. Existem vários profissionais ( coach, psicólogos…) que podem auxiliar neste caminho.

Permita-se ser tocado pela vida e vá ao seu encontro, ela é assim mesmo, sem garantias, perfeita na sua imperfeição.Mas é bonita, é bonita e é bonita.

Abraço

Fernanda Nunes Gonçalves

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *