Descobri recentemente que existe outro filme chamado Círculo de Fogo, cheio de criaturas monstruosas que emergem do mar e por aí vai.  Pois é, o filme que eu assisti e trago aqui nesse texto para reflexão é o outro filme também  chamado, aqui no Brasil, Circulo de Fogo. Longa-metragem produzido no ano 2000 traz Vassili Zaitev ( Jude Law ) como um atirador de elite russo. Vassili aprendeu a atirar ainda na infância com seu avô. Tornou-se uma lenda quando seu colega o convenceu a servir como propaganda de herói de guerra. Vassili é de fato talentoso, mas acaba se deixando seduzir pelo ego ao aceitar atrair tantos olhares e acaba, também, sob holofotes nazistas, apesar de demonstrar uma certa dualidade entre gostar de ser destaque e a vontade de ser um soldado comum.

Foi inevitável assistir ao filme e enxergar várias lições para quem gosta de ser Trader, ou pretende ser algum dia. Embora o mercado financeiro não seja uma guerra…ou será que é?   É preciso ter muita clareza de como nos posicionaremos neste ambiente.

É preciso ter muita humildade. Independente da nossa experiência, a humildade faz com que estejamos mais conscientes diante de cada operação. Sempre será uma nova operação que merece todo nosso respeito pelo nosso próprio tempo, dedicação e estudo. Será sempre uma conquista. A única certeza é lidar com cada batalha de forma lúcida e bem posicionados internamente.

Nunca, em hipótese alguma, subestime o inimigo, nesse caso, o ego. Ele é capaz de te prender por milênios em uma areia movediça chamada mente  e te fazer andar em círculos…de fogo. A sedução de ser um Trader celebridade pode ser o vício que vai te tirar, de verdade, do mercado. Prefiro a liberdade do que alimentar o ego.

Cuide para não virar refém da própria imagem. Ser um bom trader, que sabe construir uma curva capital vencedora,  e nos mantermos com lucros consistentes é mais importante do que viver em uma montanha russa de ilusões. Quando você perde muito dinheiro, você pode recuperar, mas preste atenção ao quanto de saúde você está deixando em cada operação. Esse é o verdadeiro prejuízo.

Precisamos de sinais que nos indiquem que é hora de entrar, de ficar ou de sair de uma operação. Na vida também é assim, mas precisamos estar atentos e respeitosos aos sinais de que estamos a favor de nós mesmos ou operando contra tendência de autopreservação, porém um contra-tendência com prejuízo certeiro. Só quem é leal à si mesmo sabe estopar hábitos destrutivos.

No filme, a gente acompanha um cenário de guerra a primeira vista. Mas também está acontecendo uma história de amor. Saiba olhar por todos os ângulos. Ás vezes o lucro está no segundo olhar que lançamos para um movimento no gráfico. Uma análise a mais e a percepção amplia.

Respeitar o timing da operação é muito importante. Não importa se queremos operar, mas sim se estamos no timing da operação. Paciência. Saber esperar. Optar pela qualidade. Respeitar as próprias regras de cada operação. Vassili, no filme, além da experiência, respeitava o timing para atirar. Não estragava um ataque, não deixava seu emocional ditar a hora, quem ditava a hora de agir era sua experiência, os sinais e paciência.

Que saibamos entrar em nossas operações lúcidos, com amor-próprio, com paciência, estudo e perseverança. Sem que precisemos vender a nossa alma.

Abraço fraterno

Fernanda Nunes Gonçalves

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *